quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Homem morre horas depois da irmã

Manuel Amado, de 80 anos, não resistiu aos ferimentos graves que sofreu ao ser atropelado por uma mota.
Manuel Amado, de 80 anos, não resistiu aos ferimentos graves que sofreu ao ser atropelado por uma mota, na terça-feira à tarde, à porta de casa, no Campo Redondo, Bragança. Morreu no hospital, no mesmo dia em que uma irmã também perdeu a vida.
A família estava a tratar do funeral da mulher quando recebeu a notícia. 
Os familiares estão destroçados. 
Manuel Amado, antigo padeiro, foi hospitalizado em estado crítico, com fraturas expostas nas pernas. O condutor do motociclo, bombeiro de 26 anos, sofreu ferimentos ligeiros.
A PSP esteve no local e investiga as causas do acidente.

Tânia Reis
Correio da Manhã
Local onde ocorreu o acidente

Sem comentários: